A Wicca é só Para Mulheres?

A Wicca é só para mulheres?


Tenho recebido muitas perguntas de homens que querem se tornar wiccans, mas tem essa dúvida sobre o gênero a que se destina a religião. 
Normalmente as pessoas associam isso ao fato da feminilidade ser bastante valorizada neste ponto, acreditando ser uma religião estritamente para mulheres. 

Bom, a Wicca tem várias vertentes, pois, cada praticante tem uma visão diferente da magia e à medida que as pessoas vão conhecendo e se aprofundando em seus estudos, vão criando novos caminhos e isso faz com que as pessoas “criem” novas Tradições. 

Por exemplo: quando Gardner participava do grupo de magia de Aleister Crowley, sentiu uma necessidade maior de contato com a natureza e começou a procurar pelas religiões neopagãs antigas. 
Então, através de muito estudo, ele resgatou a forma de bruxaria que era praticada muito antes do período da inquisição, que foi quando milhares de pessoas foram mortas acusadas de bruxaria e etc. 

Até este momento, seu amigo Raymond Buckland, que sempre o acompanhava, não contestava a ideia de grupo, até perceber que, para ter contato com a natureza as pessoas não precisam estar juntas. 

Cada um, de uma forma particular, entra em sintonia com os deuses de maneira íntima, não sendo obrigatório que se tenha um grupo específico de pessoas para que os deuses atendam seu chamado. 

Com base nessa ideia, ele criou a Seax Wica, ou Tradição Saxônica, que permite que cada um possa fazer sua auto-iniciação, sem que seja necessário um(a) sacerdote(isa) para iniciá-lo na magia. 

Temos também Alex Sanders, que, junto com sua esposa Maxine, pregavam uma forma de religião totalmente natural, permitindo nudismo e rituais sexuais entre seus membros. 

Bom, acontece que, com tantos altos sacerdotes, as mulheres começaram a perceber que, se uma religião tinha como divindade principal uma mulher, então por que não ter uma tradição especificamente para mulheres? 

Mirella Salem.  )0(.



2 comentários: