Ritual comemorativo: Entenda o que é LAMAS / IMBOLC


Vamos falar um pouquinho dos Sabbaths que são comemorados na data de hoje.
Muitos comemoram pela roda Sul onde vivem, também há quem comemora pela roda do Norte, e ainda tem bruxos que são híbridos, pois comemoram pelas duas rodas.

Hoje escrevo apenas um breve resumo sobre cada um dos Sabbaths comemorados neste dia pois, os temas são extensos e escreverei posteriormente, sobre cada um deles, de forma mais aprofundada. ok.

LAMAS – LUGHNASADH



Também chamada de Festa da Colheitacomemora-se em 1 de agosto no hemisfério Norte e em01 de fevereiro no hemisfério Sul.
É o primeiro dos três Sabbaths da colheita. Por isso honramos, pela colheita e pela fartura. O dia é associado a Lugt Deus Celta do Sul, sendo ele o Deus do sol. Ele vem da mitologia Celta, sendo um dos maiores guerreiros.
Nessa época agradecemos por tudo o que conseguimos de bom, ou até mesmo pelas coisas más que nos acontece, pois é um veículo para a nossa evolução.
Durante o ritual, pode-se Celebrar um Banquete Simples de forma solitária; se for em um convém, cada membro traz algo para repartir junto ao grupo.
O primeiro gole de vinho e o primeiro pedaço de pão, são jogados dentro do caldeirão junto com os agradecimentos e grãos, forma de agradecer e nunca faltar em sua casa, a fartura.
Ervas típicas do LUGHNASADH:

Flores de Acácia, Aloe, Talo de Milho, Olibano, Girassol, Trigo, Maçã Verde, Uva, Pêra, Groselha, Abrulho e Urze.
Comidas Típicas do LUGHNASADH:
Pães, Amoras pretas, outras Frutinhas, Vinho de Uva.


IMBOLC



 É a Promessa da Primavera, ocorre no pico do inverno, período em que a terra se torna mais fria. – Comemora-se todo dia 2 de fevereiro no hemisfério Norte e dia 1 agosto no hemisfério Sul.
Realizamos esta comemoração para a Deusa Brigit, Senhora do fogo da vida, do conhecimento, da poesia, e era honrada por todos os Celtas.
Todos nós agradecemos, pela Deusa ter nos mantidos durante um longo período de inverno. Brigit tinha um santuário na antiga capital irlandesa de Kildare, onde era mantinha a eterna chama acessa, pelas sacerdotisas do santuário.  
Também é o sabbath da purificação, onde se varre para fora da casa ou círculo toda negatividade do local, são feitas bonecas de palhas que colocadas nas camas com um bastão que representam a fertilidade da mente e do espirito.
Enfim é um momento de limpar tudo aquilo que nos incomoda e banimos todos os remorsos, culpas, e planejarmos o futuro para o próximo ano.

Ervas típicas: Sálvia, calêndula, manjericão, verbena, mirra.
Cores: Vermelho, laranja e branco.

Pedras: Citrino, Turmalina negra, turmalina verde, hematita, ágata vermelha e topázio.


Se você chegou até aqui, é porque você gostou do que leu, certo? Então você pode compartilhar esse texto com seus amigos e familiares. É só clicar nos botões abaixo.

 Mirella Sallem. )0(
Nenhum comentário:
Postar um comentário